Primeiro que tudo: o que é uma Wallet?

Uma Wallet é, como o próprio nome indica, uma carteira digital, a partir da qual pode receber, guardar ou enviar as suas moedas digitais. A maioria das criptomoedas possui a sua própria Wallet, mas existem algumas Wallets que suportam múltiplas moedas diferentes.

Pense numa Wallet como se fosse a sua conta bancária privada. Pode aceder a qualquer momento, verificar o seu saldo, transferências, receber dinheiro ou efetuar pagamentos necessários. Quando acede à sua Wallet tem, basicamente, as mesmas funcionalidades do que quando acede a um Multibanco ou à sua conta bancária online.

Existem dois grandes tipos de Wallets:

  1. Cold Wallets: as Wallets ‘frias’ não estão conectadas à Internet. Como tal, possuem um custo superior, mas são as mais seguras. O principal foco destas Wallets é serem seguras. É recomendado para quem pense em investir somas consideráveis no mundo das criptomoedas. Dois exemplos são a Trezor ou a Ledger.
  2. Hot Wallets: as Wallets ‘quentes’ estão conectadas à Internet. Como tal, possuem um custo inferior, sendo maioritariamente gratuitas, mas são mais vulneráveis. O principal foco destas Wallets é a sua facilidade de uso. É recomendado para quem se está a iniciar e/ou pretende ter pequenas quantidades de criptomoedas à mão. Um exemplo é a Bread Wallet para iOS, o Samourai Wallet para Android, o Coinbase para qualquer sistema com ligação à internet, ou o Copay para ter tudo no computador pessoal.

LIGAÇÕES RÁPIDAS

COMO FUNCIONA A CARTEIRA BITCOIN?

As chaves para o seu cofre privado

1. Como funcionam?

No sentido prático da questão, não existem criptomoedas físicas; ou seja, quando compra criptomoedas, não há nada de físico para guardar. Por isso, quando instala uma Wallet, não está a colocar as suas criptomoedas ‘lá dentro’. As criptomoedas estão sempre na rede Bitcoin, armazenadas lá – mas, com as Wallets, ficará com um código que afirma que essas Bitcoins são só suas.

Quando inicia uma Wallet, recebe uma chave privada e uma chave pública. A chave privada é só sua, e é basicamente a ‘palavra-chave’ que lhe permite aceder e reclamar propriedade dos seus fundos. A chave pública é o seu endereço pessoal, que qualquer pessoa pode ver e/ou usar, de forma a enviar-lhe fundos.

Usando a analogia do e-mail, a chave privada é a sua senha, e a chave pública é o seu endereço de e-mail. Qualquer pessoa pode ver e enviar para si e-mails através do seu endereço de e-mail; mas só você pode abrir o seu conteúdo, pois só você é que tem a senha da sua conta.

As Wallets são seguras?

2. Segurança

As Wallets, por definição, existem para serem seguras. Claro que o código informático pode ser de qualidade superior nalgumas delas, enquanto outras suscitam maiores dúvidas. Por esse mesmo motivo, no ABC da BTC, avaliámos e recomendamos aqui as melhores Wallets para guardar os seus fundos.

Ainda assim, deve saber sempre estes 3 pontos essenciais, independentmente da sua Wallet:

  1. Pode adicionar camadas adicionais de segurança. Atualmente, sistemas como a autenticação por 2 factores (uma funcionalidade de segurança que requer confirmação a partir do seu telemóvel para confirmar as transações) ou códigos PIN são camadas adicionais de segurança indispensáveis.
  2. Crie sempre um ponto de restauro. Atualmente, virtualmente todas as Wallets oferecem uma frase de 12 ou mais palavras aleatórias, que deverá guardar numa folha de papel ou nalgum dispositivo seguro. Desta forma, caso perca a sua senha ou o seu dispositivo seja comprometido, pode sempre aceder à sua Wallet usando esta frase, como se de um ponto de restauro se tratasse.
  3. Mantenha sempre o software da sua Wallet atualizado. Tal e qual como os programas anti-vírus estão constantemente a atualizar-se contra novas ameaças, também o mesmo se passa nas Wallets. Manter a sua Wallet atualizada com a última versão é uma dos métodos mais simples e eficazes para manter os seus fundos a salvo.
Escolha o mais conveniente para si

3. Quais são os vários tipos de Wallets?

As mais seguras do mercado

Cold wallets

As Hardware Wallets são as principais Wallets desta categoria. São incrivelmente seguras de se utilizar; usando as suas boas práticas, é virtualmente impossível perder os seus fundos. Alguma da criptografia destes dispositivos é tão avançada que, muitas vezes, nem necessita de se conectar á Internet. Algumas destas Wallets possuem, em si mesmas, ecrãs, o que significa que nem tem de as conectar a um computador – diminuindo ainda mais os riscos.

Vantagens:

  1. Perfeitas para armazenar grandes quantias de criptomoedas em total segurança.
  2. Muitas vezes, nem sequer tem de utilizar um computador, aumentando ainda mais a segurança.
  3. Nunca estão conectadas à Internet, sendo virtualmente impossível roubá-las com ataques informáticos.
  4. Possuem funcionalidades avançadas, como por exemplo, no evento de perder o dispositivo, poder ‘detonar’ o mesmo, fazendo com que seja inútil a qualquer pessoa que o encontre.

Desvantagens:

  1. Tem de os ter na sua mão, fisicamente, para poder aceder às suas moedas.
  2. Um pouco mais difícil de utilizar para iniciados do que as Hot Wallets.
  3. São as soluções mais caras.

Os dois grandes exemplos são:

  1. Ledger Nano S
  2. Trezor
As mais convenientes e fáceis que pode ter

HOT WALLETS

ONLINE WALLETS

As Wallets Online são as mais convenientes, pois tal como a Internet, podem ser acedidas de qualquer lugar e em qualquer altura. No entanto, tal como a Internet, são as mais inseguras, pois podem ser hackadas. Além disso, não tem controlo dos seus fundos – a partir do momento em que as deposita, a casa de câmbio passa a ser a detentora dos fundos, tal como quando deposita dinheiro num banco, o banco passa a ser o proprietário do dinheiro. Coloque o mínimo de dinheiro aqui, tal e qual como levaria apenas uma quantia pequena na sua carteira real, para uso no dia a dia.

Vantagens:

  1. Fácil de aceder.
  2. Atualmente, muitas das casas de câmbio são bastante seguras, como o Coinbase ou o CEX.io.
  3. Pode aceder às suas moedas em qualquer momento e em qualquer lugar, bastando ter uma conexão à Internet.

Desvantagens:

  1. Estará para sempre exposto a hackers, que constantemente trabalham em formas de roubar os seus fundos.
  2. Se a casa de câmbio for hackada ou falir, provavelmente perderá todas as suas moedas.
  3. É o método mais inseguro para guardar as suas criptomoedas.

Os dois grandes exemplos são:

  1. Coinbase
  2. GreenAddress
WALLETS PARA O SEU COMPUTADOR

Talvez a opção mais equilibrada em termos de facilidade de uso/segurança, as Wallets para computador são isso mesmo, um software que instala no seu computador/portátil. A única ameaça às suas criptomoedas será se alguém roubar fisicamente o seu computador, ou o seu software ser infectado por um vírus.

Vantagens:

  1. Tem controlo total sobre as suas chaves privadas e, portanto, o seu dinheiro.
  2. Fácil de usar e de instalar.
  3. Pode ter várias formas de restauro, adicionando uma camada adicional importante de segurança.

Desvantagens:

  1. Se o seu computador for fisicamente roubado, poderá perder as suas moedas.
  2. A vulnerabilidade aumenta sempre que estiver conectado à Internet.
  3. Pode ser afectado por malware ou vírus.
  4. Apenas tem acesso às suas moedas quando tiver o seu computador por perto.

Exemplos:

  1. Copay
  2. Exodus
WALLETS PARA TELEMÓVEIS

Uma Wallet para Telemóvel é uma Wallet que permite guardar as suas criptomoedas no seu smartphone. Precisa de descarregar um software específico ou App do site oficial da criptomoeda que pretende guardar.

Vantagens:

  1. Pode usar as suas moedas em qualquer lado, desde que tenha o seu smartphone consigo.
  2. Pode usar a rede TOR para uma segurança redobrada.
  3. Possui algumas funcionalidades únicas, como a possibilidade de ler códigos QR.

Desvantagens:

  1. O seu telemóvel está sempre vulnerável a malware e vírus, por isso, tenha cuidados redobrados.
  2. Se perder o seu telemóvel e não tiver criado um ponto de restauro, pode perder totalmente o acesso aos seus fundos.

Exemplos:

  1. Para Android, Samourai Wallet
  2. Para iPhone, Breadwallet
WALLETS DE PAPEL FÍSICO

Nestas Wallets, cria um código que é impresso em papel físico, tal como imprimiria um documento qualquer. Este papel terá as suas chaves públicas e privadas. São incrivelmente seguras, porque é impossível conseguir usar algum ataque informático para as roubar.

Vantagens:

  1. Indiscutivelmente, é o método mais seguro de ataques à sua privacidade e aos seus fundos.
  2. Incrivelmente fácil de criar e imprimir.

Desvantagens:

  1. Obviamente, os papéis que criar podem ser roubados fisicamente.
  2. Se algo acontecer ao seu papel, poderá perder todas as suas moedas.

PODE INTERESSAR-LHE:

Quer comprar Bitcoin?
error: Conteúdo Protegido!